18/04/2019

BOLSONARO DECIDE HOMENAGEAR ADVOGADO DE MILITARES QUE MATARAM MÚSICO


 Governo Bolsonaro vai condecorar advogado de militares que mataram músico


Reportagem de Leandro Prazeres, no portal Uol nesta quinta-feira , revela que o advogado que faz a defesa dos militares do Exército que fuzilaram com 80 tiros um carro de família no Rio de Janeiro, assassinando o músico Evaldo Rosa, receberá honraria do Ministério da Defesa.

 UOL, O advogado que defende os nove militares do Exército presos por participarem da ação que resultou na morte do músico Evaldo Rosa, no Rio, será condecorado pelo Ministério da Defesa. O nome dele consta da lista publicada no DOU (Diário Oficial da União) na terça-feira (16). O carro em que estava a vítima recebeu 80 disparos de metralhadora. Um catador de recicláveis que tentou ajudar a família de Rosa também foi baleado e morreu hoje.

Paulo Henrique Pinto de Mello, que defende o grupo, vai receber a Medalha da Vitória, em alusão ao papel do Brasil na Segunda Guerra Mundial e em missões de paz. Segundo o Ministério da Defesa, a condecoração ao advogado havia sido definida antes de ele assumir o caso dos militares que mataram Evaldo.