28/04/2019

Empresário compra Porsche e lava dinheiro, após receber R$ 18 milhões por engano

Empresário compra Porsche após receber depósito de R$ 18 milhões por engano

Investigações mostram que dono de restaurante também fez transferências de parte do valor para outras contas. Ele nega apropriação indevida.
O empresário de Goiânia,recebeu R$ 18 milhões por engano, após erro no banco.
Após a falha no sistema do banco, Guilherme Moreira comprou um Porsche avaliado em R$ 280 mil.

O carro foi apreendido nessa quinta-feira (25) e,o acusado afirmou que não houve apropriação indevida. A Polícia Civil informou que Guilherme comprou o veículo e desviou cerca de R$ 1,1 milhão de outras contas.


Para o empresário, a operação trata-se de um “equívoco jurídico”. Ele explicou que, ao perceber o depósito, o banco bloqueou as contas, impossibilitando “a devolução imediata do valor que já havia sido retirado para pagamento diversos, inclusive para a quitação do carro”.

O delegado Kleber Toledo, diz que o saldo na conta da empresa era de R$ 27 mil no dia anterior ao incidente com o Banco Safra. Assim, como não tinha lastro suficiente para arcar com os valores aos quais se comprometeu, suas movimentações foram consideradas suspeitas, indicando a apropriação indevida e a tentativa de lavagem de dinheiro ao tentar dar aparência lícita aos valores recebidos por engano.


O inquérito deve ser levado à Justiça nas próximas semanas, tão logo seja encerrado o inquérito na Polícia Civil. Se condenado pelos crimes que a polícia o acusa, o empresário pode pegar até 11 anos de prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário