25/04/2019

ÍNDIA GRITA COM MAIA QUE FICA ASSUSTADO, "DAMARES E EVANGÉLICOS ESTÃO DESTRUINDO NOSSO POVO"


Alessandra Munduruku, representante dos indígenas em audiência com Rodrigo maia.

“Querem nos expulsar, mas nós queremos viver em paz”, disse Alessandra, que é liderança Munduruku do Médio Tapajós, no município de Itaituba, na bacia do rio Tapajós, e também universitária do curso de Direito da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), em Santarém (PA).
Alessandra Munduruku destacou que é “obrigação do Estado demarcar o território, [mas] o território está sendo invadido, e está sendo vendido, junto com nós dentro”. A liderança indígena mostrou aos deputados federais uma fotografia do encontro do rio Tapajós com o Jamanxim, todo barroso, devido à terra revirada pelo garimpo. “Na seca, não estavam conseguindo cavar, para encontrar a própria água. Cavar com as mãos, e com os instrumentos que tinham”, disse ela.



Uma fala poderosa e emocionante de Alessandra Munduruku no congresso-Assista

Nenhum comentário:

Postar um comentário