25/04/2019

Mulher acorda depois de 27 anos em coma vegetativo


"Por anos eu sonhei com esse momento", diz Omar Webair, 32 anos, sobre sua mãe, Munira Abdulla.


Em 1991, Munira Abdulla estava com seu filho, Omar Webair, quando um ônibus escolar colidiu com seu carro, informou o jornal The National , de Abu Dhabi . Seu filho escapou com uma contusão na cabeça.


Durante seus anos em hospitais, Abdulla foi alimentada com sonda e foi submetida à fisioterapia para evitar que seus músculos se deteriorassem. Depois que ela foi transferida para a Alemanha, Müller disse que os médicos adotaram uma abordagem mais holística, mudando as drogas para a epilepsia de Abdulla e a introduzindo a estímulos diferentes, como o canto dos pássaros.


Seu filho foi o primeiro a notar uma melhora, e ela finalmente começou a responder aos outros na sala, pronunciando o nome de seu filho e recitando versos do Alcorão.

Webair disse que um dia acordou com alguém chamando seu nome. "Era ela. Ela estava chamando meu nome. Eu estava voando com alegria. Por anos eu sonhei com esse momento, e meu nome foi a primeira palavra que ela disse", disse Webair ao The National.

Ele disse que nunca desistiu de sua mãe porque "sempre teve a sensação de que um dia ela vai acordar".

Müller disse que o caso não é único, citando um americano chamado Terry Wallis,  que voltou a falar depois de 20 anos em estado vegetativo. Ele disse que o caso fornece esperança para pacientes em situações semelhantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário