29/04/2019

PM preso por estuprar criança de 2 anos,ainda recebe salário de R$ 22 mil

O Globo- Condenado a uma pena de 11 anos de prisão por crimes de estupro de vulnerável e corrupção ativa, por conta de um abuso sexual envolvendo uma criança de 2 anos, em 2016, o coronel reformado da PM Pedro Chavarry Duarte, de 65 anos, continua integrando os quadros da Polícia Militar do Rio de Janeiro. De acordo com o site Rio Previdência, onde constam vencimentos de aposentados e pensionistas do estado, o oficial recebeu de  vencimento líquido, em março último, a quantia de R$ 22.785.50.

O oficial  também  é investigado pelo crime de Produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).


Apesar da condenação, que ocorreu em 2017, e das novas suspeitas de envolvimento em crimes com outras duas crianças, o coronel  recebe seu vencimento amparado numa lei, de autoria do deputado estadual Paulo Ramos, sancionada em 2018. O texto diz que servidores militares inativos, mesmo em casos de expulsão, preservarão o direito de receber seus proventos.

Um comentário: