27/05/2019

CABO DA PM-MG É PRESO POR TRÁFICO DE DROGAS

Bolsonarista, cabo da PM de Minas Gerais é preso por tráfico de drogas

O cabo da Polícia Militar, Alan Tomich Batista, de 37 anos, e a mulher dele, Tailane Guimarães, foram presos na última quarta-feira (22) em Teófilo Otoni, interior de Minas Gerais, por tráfico de drogas. As informações são da Rádio Teófilo Otoni AM.

 Os policiais foram recebidos por uma moradora que afirmou que os suspeitos, o Cabo PM A.T. B e a esposa dele, de iniciais D. R. O, não estariam no local, mas devido à demora para atendimento, o imóvel foi cercado e os agentes entraram pelos muros laterais, onde encontraram os alvos da operação.


Dentro de uma bateria, na sala da casa, foi encontrado um tablete com substância aparentando ser cocaína. Os policiais também apreenderam um revólver calibre 32, municiado e com sinais de numeração adulterada, medicamentos, uma pistola pertencente à Polícia Militar, duas placas de colete balístico e uma motocicleta.
O casal foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Teófilo Otoni, juntamente com os materiais apreendidos.

Segundo Fábio Marinho, comandante  do 19º Batalhão de Policia Militar (19ºBPM), a ação foi realizada após a instauração de dois inquéritos, um da PM e outro da Polícia Civil (PC) para apurar o extravio de armas,coletes e munições.


“Ele vai ser autuado pela Polícia Civil por tráfico de drogas e analisando a conduta dele na esfera do Direito Penal Militar será autuado por peculato já que com ele foram apreendidos dois pares de coletes e uma pistola da carga da PM. Inicialmente ele não possui o registro desse armamento,ou seja a posse era ilegal”, explicou o comandante.

O militar é o responsável por um bar anexo a um posto de combustíveis, que foi alvo de homens armados no início deste mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário