15/05/2019

Milhares de estudantes foram às ruas pela liberação da balbúrdia nas faculdades

O bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) gerou protestos por todo o país nesta quarta-feira (15). Diversas escolas e universidades paralisaram suas atividades.

MEC anunciou contingenciamento total de R$ 1,7 bilhão. Escolas e instituições de ensino superior fazem paralisação de um dia; os 26 estados e o DF realizam protestos pacíficos.
Atos uniram estudantes, professores, pais de alunos e comunidade. Foi um dos maiores protestos já registrado na cidade


Para além das entidades nacionais e regionais estudantis, das associações de classe e dos sindicatos de professores, e de seus carros de som e balões, havia uma participação muito expressiva de estudantes dos ensinos médios e superior que atenderam ao chamamento para o protesto, mas não estavam ligados a nenhuma instituição, movimento ou partido político.

Aula pública das escolas particulares do Rio que também aderiram à paralisação e ocuparam a Praça Antero de Quental no Leblon. Escola Parque, Teresiano e Santo Agostinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário