31/10/2019

VÍDEO; Eduardo Bolsonaro "Terá 'novo AI-5' para conter a esquerda no País"

Eduardo Bolsonaro diz que se esquerda radicalizar resposta pode ser 'um novo AI-5

As declarações de Eduardo Bolsonaro acontecem dois dias após o deputado ameaçar, em discurso no plenário da Câmara, uma volta da ditadura

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), líder do PSL na Câmara, sugeriu hoje a criação de um novo AI-5 (Ato Institucional Número 5).
 Em entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle no YouTube, o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que é preciso ter uma "resposta" caso a esquerda radicalize.

 "Vai chegar um momento em que a situação vai ser igual ao final dos anos 1960 no Brasil, quando sequestravam aeronaves, executavam e sequestravam grandes autoridades, cônsules, embaixadores, execução de policiais, militares", disse.

ASSISTA



 Decretado em 1968, durante a ditadura militar, o AI-5 fechou o Congresso Nacional, cassou mandatos, suspendeu o direito a habeas corpus para crimes po

"As declarações sobre um “novo AI-5” para conter a esquerda brasileira se ela "radicalizar" repercutiram no meio político – o ato mencionado foi instituído durante a ditadura militar, em 1968. A declaração foi feita quando Eduardo foi questionado sobre as manifestações na América do Sul, como as que ocorrem no Chile. De acordo com O Globo, o Psol diz que estuda como fará a representação juridicamente. 

A declaração também foi alvo de repúdio entre integrantes de outros partidos, como PSDB, PT, MDB, PP, Republicanos e a ala do PSL pró-Luciano Bivar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário