27/11/2019

PASTOR ENFORCA A PRÓPRIA IRMÃ E ESTUPRA SOBRINHA

Cabeleireira é enforcada pelo próprio irmão com fio de telefone

O corpo de Sandra Maria Sousa Moraes , 39 anos, foi encontrado enterrado com um fio de telefone enrolado no pescoço na tarde desta segunda-feira (25/11/2019). O cadáver da mulher estava em área do Assentamento 26 de Setembro, em Vicente Pires.

A polícia prendeu o próprio filho da vítima, suspeito de ter ocultado o corpo da mãe. O irmão dela, o pedreiro Danilo Moraes Gomes, é considerado foragido. Os investigadores desconfiam que ele é o autor do assassinato. Essa é, até agora, a principal linha de investigação da 38ª Delegacia de Polícia, que pedirá a prisão do homem.

Sandra Maria era cabeleireira ,evangélica, e tinha negócio próprio em Vicente Pires, seu irmão é pedreiro, e se preparava para ser pastor, pela Assembléia de Deus onde a família frequentava .

FOTO DO IRMÃO FORAGIDO

Filho de Sandra, Brendo Sousa Moraes, 21 anos, mostrou à polícia onde o corpo da mãe estava enterrado: cerca de 50 metros mata adentro e a 15 centímetros do chão. Brendo negou participação no feminicídio, mas acabou preso e será autuado por ocultação de cadáver.




As investigações indicam que o crime ocorreu no último sábado (23/11/2019) e Sandra Maria teria sido enforcada. 

As apurações policiais estão em andamento. “A gente quer delimitar se foi só o Danilo que cometeu o feminicídio e se foi motivado por disputa de um lote na região 26 de Setembro”, pontuou o delegado-chefe da 38ª DP, Yury Fernandes.

A polícia soube do caso com a denúncia da filha de Sandra e irmã de Brendo, Samara Sousa Moraes, 22 anos. Na manhã desta segunda, ela foi à 38ª DP e contou que fugiu da casa do tio, onde estaria presa desde sábado.

Segundo versão de Samara, o tio contou que a mãe estava morta. Depois, teria mantido a sobrinha em cárcere e a estuprou.


A família é do Maranhão.

2 comentários: