HITLER MORREU COM GOLPES DE FACÃO. EM BETIM (MG) Pular para o conteúdo principal

HITLER MORREU COM GOLPES DE FACÃO. EM BETIM (MG)


O Tempo -  Após ameaçar de morte a companheira, Hans Hitler Santos, de 25 anos, foi morto a golpes de facão.  Os suspeitos do crime são o sogro e um cunhado do jovem, que ainda não foram localizados.

De acordo com a PM, Hans Hitler Santos ameaçou a mulher com um canivete e o pai dela, de 44, e o irmão, de 19, foram tirar satisfação.

Na discussão, iniciou-se uma briga. Hans foi ferido na cabeça, braço, tórax, costas e perna esquerda.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e constatou a morte.

A mulher da vítima confirmou que o marido tentou agredi-la com canivete e o pai foi defendê-la.
Traição e tapa na cara

A agressão de Santos à mulher teria acontecido após ele, supostamente, ter descoberto uma traição da companheira. Ao saber do caso extraconjugal, o jovem deu um tapa na cara da mulher, segundo testemunhas contaram aos familiares de Santos.

"O meu irmão criava cavalos e, por esse motivo, tinha um canivete. O canivete estava na cintura. A gente espera agora Justiça. Podiam ter conversado, nada justifica o que fizeram ", finalizou.

"Meu filho estava quentinho ainda. Deitei no sangue com ele", diz mãe de vítima

Pedindo calma aos familiares ao perceber a chegada da imprensa, dona Joelina Maria Francisca de Souza, de 60 anos, contou que estava em casa quando o filho foi assassinado.

A família mora na mesma rua em que o homicídio aconteceu. "Eu acabei de tomar banho e fui para o meu quarto. Escutei muitas mulheres gritando, subi para o terraço e vi a movimentação. Vesti uma roupa de dormir e desci correndo. Meu filho tem o apelido de "Pé". Eu falei: 'ô, gente, fala para mim que não é meu Pé'", disse a dona de casa

Os suspeitos do homicídio, de 44 e 19 anos, fugiram. Já um segundo cunhado de Santos foi localizado na casa de um familiar. Ele negou participação no crime. No entanto, uma testemunha afirmou que ele também seria responsável pelos golpes de facão. A versão da testemunha é contestada por toda a família, uma vez que essa pessoa que denunciou a participação seria amiga do homem assassinado.

Santos, que, segundo a polícia, já tinha antecedentes criminais por homicídio, tráfico de drogas e roubo foi encaminhado ao posto do Instituto Médico Legal (IML) de Betim. Os envolvidos no caso foram levados para delegacia de plantão da cidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Sara Winter é transferida para presídio feminino, e pede ajuda aos direitos humanos

Sara Winter foi transferida há pouco da Polícia Federal para a Colmeia, presídio feminino de Brasília.

A extremista Sara Giromini, chefe do grupo “300 do Brasil”, foi presa na segunda-feira (15), acusada de participar de atos antidemocráticos e fazer ameaças contra ministros do STF.
Ela estava detida, com prisão temporária, pela realização de atos antidemocráticos. O G1 aguarda posicionamento da defesa.

De acordo com o secretário de Administração Penitenciária do DF, Adval Cardoso, Sara Giromini vai ficar isolada em uma cela.


URGENTE: Sara Winter corre risco de vida ao ser transferida para penitenciária onde ela é jurada de morte por facções.

Estão querendo calar a Sara, nesse caso, matando. Estamos diante de uma grande violação de direitos FUNDAMENTAIS de uma cidadã brasileira.#ASCOMSaraWinterpic.twitter.com/Mr2P1xXups — Sara Winter (@_SaraWinter) June 17, 2020URGENTE: Sara Winter está sendo transferida agora para a Penitenciária Femimina do DF. Os advogados da ativista temem pela i…

Vídeo - Evangélica é presa por agredir rapaz gay em MT "Odeio viado"

Mulher agride e ofende funcionário: "Viado vai direto para o inferno" A Polícia Militar prendeu uma mulher de 42 anos por crime de homofobia, ameaça, dano, injúria mediante preconceito, lesão corporal e tráfico de influência, na tarde do último domingo, em Lucas do Rio Verde. A suspeita agrediu um funcionário de uma agência de viagem no terminal rodoviário do município.

A vítima relatou que a suspeita chegou na agência a procura de passagem e que ela havia ultrapassado o limite de distância recomendável pelas autoridades sanitárias para a prevenção da Covid- 19, que delimita um espaço entre duas pessoas para garantir o distanciamento social, distância demarcada na empresa por correntes.

O jovem, na tentativa de orientá-la, passou a ser ofendido pela mulher que não obedeceu o limite demarcado e passou a danificar objetos da empresa.

Assista:

Segundo testemunhas e a vítima, a mulher então quebrou máquinas de cartão, cones, teclado e monitor de um computador, o celular de um …

Vídeo: Padre chama Bolsonaro de 'bandido', e é atacado por bolsonaristas

Padre chama Bolsonaro de “bandido” e chama eleitores para se confessarem No vídeo, o padre Edson Adélio Tagliaferro, da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, mostra sua revolta com o governo.

“Um país que já chegou a 60 mil mortos pela pandemia, e não temos um ministro da Saúde. Vocês querem que eu fale o quê? Aquilo que todos falam, ‘ah, ele não trabalha porque não deixam ele trabalhar’, disse.

Não! É porque ele não presta. Bolsonaro não vale nada! E quem votou nele devia se confessar, pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu, porque elegeu um bandido”, continuou.

Assista a vídeo:
Com legenda para as pessoas que têm surdez como eu e que me seguem. Sermão do padre Edson Adélio Tagliaferro. Amém? pic.twitter.com/Wtumq2R5tN — Elika Takimoto (@elikatakimoto) July 5, 2020