quarta-feira, 29 de julho de 2020

Banco BMG demite Marcelinho, após vídeo com Bolsonaro

Banco que patrocina o Corinthians desliga Marcelinho do posto de embaixador após encontro com Bolsonaro

Encontro gerou reação de outro ídolo alvinegro; banco que patrocina o clube paulista decidiu tirar o ex-camisa 7 do posto de embaixador da marca 

Procurado por VEJA, o patrocinador também se eximiu de responsabilidade. “O Banco BMG esclarece que é apenas patrocinador e parceiro do Sport Club Corinthians Paulista, não tendo nenhuma responsabilidade por ação isolada de terceiros envolvendo a marca da instituição”, informou em nota. 

Disse ainda que Marcelinho Carioca era embaixador da campanha Feito de Responsa, não porta-voz do banco, e que o contrato foi encerrado após o episódio desta quarta.

Nota do BMG sobre o vídeo de Marcelinho e Bolsonaro:

"O Banco BMG esclarece que é apenas patrocinador e parceiro do Sport Club Corinthians Paulista, não tendo nenhuma responsabilidade por ação isolada de terceiros envolvendo a marca da instituição."