Bolsonarista Gabriel Monteiro é expulso da PM do Rio Pular para o conteúdo principal

Bolsonarista Gabriel Monteiro é expulso da PM do Rio


O youtuber Gabriel Monteiro foi expulso da Polícia Militar e decisão foi publicada no Boletim da PM desta terça-feira. Segundo informações obtidas pelo EXTRA, 

Gabriel era lotado no 34º BPM (Magé) e faltou o serviço para o qual foi escalado no dia 22 de julho deste ano. O youtuber permaneceu até o dia 31 sem dar qualquer satisfação sobre seu paradeiro à corporação e completou mais de oito dias de ausência, o que confugura o crime de deserção previsto no artigo 187 do Código Penal Militar.  No dia 31, ele simulou um assalto para confrontar ativistas que pediam fim da militarização das polícias no Rio.

Ainda segundo informações do processo de deserção de Monteiro, houve tentativas de encontrá-lo no endereço fornecido por ele à corporação, mas o atual morador do imóvel informou que o PM não residia naquele local. 

A decisão de expulsar Gabriel foi do comandante do 34º BPM, tenente-coronel Eric Santos da Silva. Monteiro ainda poderá recorrer ao secretário da PM ou à Justiça.

Postagens mais visitadas deste blog

Sara Winter é transferida para presídio feminino, e pede ajuda aos direitos humanos

Sara Winter foi transferida há pouco da Polícia Federal para a Colmeia, presídio feminino de Brasília.

A extremista Sara Giromini, chefe do grupo “300 do Brasil”, foi presa na segunda-feira (15), acusada de participar de atos antidemocráticos e fazer ameaças contra ministros do STF.
Ela estava detida, com prisão temporária, pela realização de atos antidemocráticos. O G1 aguarda posicionamento da defesa.

De acordo com o secretário de Administração Penitenciária do DF, Adval Cardoso, Sara Giromini vai ficar isolada em uma cela.


URGENTE: Sara Winter corre risco de vida ao ser transferida para penitenciária onde ela é jurada de morte por facções.

Estão querendo calar a Sara, nesse caso, matando. Estamos diante de uma grande violação de direitos FUNDAMENTAIS de uma cidadã brasileira.#ASCOMSaraWinterpic.twitter.com/Mr2P1xXups — Sara Winter (@_SaraWinter) June 17, 2020URGENTE: Sara Winter está sendo transferida agora para a Penitenciária Femimina do DF. Os advogados da ativista temem pela i…

Vídeo - Evangélica é presa por agredir rapaz gay em MT "Odeio viado"

Mulher agride e ofende funcionário: "Viado vai direto para o inferno" A Polícia Militar prendeu uma mulher de 42 anos por crime de homofobia, ameaça, dano, injúria mediante preconceito, lesão corporal e tráfico de influência, na tarde do último domingo, em Lucas do Rio Verde. A suspeita agrediu um funcionário de uma agência de viagem no terminal rodoviário do município.

A vítima relatou que a suspeita chegou na agência a procura de passagem e que ela havia ultrapassado o limite de distância recomendável pelas autoridades sanitárias para a prevenção da Covid- 19, que delimita um espaço entre duas pessoas para garantir o distanciamento social, distância demarcada na empresa por correntes.

O jovem, na tentativa de orientá-la, passou a ser ofendido pela mulher que não obedeceu o limite demarcado e passou a danificar objetos da empresa.

Assista:

Segundo testemunhas e a vítima, a mulher então quebrou máquinas de cartão, cones, teclado e monitor de um computador, o celular de um …

Vídeo: Padre chama Bolsonaro de 'bandido', e é atacado por bolsonaristas

Padre chama Bolsonaro de “bandido” e chama eleitores para se confessarem No vídeo, o padre Edson Adélio Tagliaferro, da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, mostra sua revolta com o governo.

“Um país que já chegou a 60 mil mortos pela pandemia, e não temos um ministro da Saúde. Vocês querem que eu fale o quê? Aquilo que todos falam, ‘ah, ele não trabalha porque não deixam ele trabalhar’, disse.

Não! É porque ele não presta. Bolsonaro não vale nada! E quem votou nele devia se confessar, pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu, porque elegeu um bandido”, continuou.

Assista a vídeo:
Com legenda para as pessoas que têm surdez como eu e que me seguem. Sermão do padre Edson Adélio Tagliaferro. Amém? pic.twitter.com/Wtumq2R5tN — Elika Takimoto (@elikatakimoto) July 5, 2020